segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

FC Porto 1 x Setúbal 0 - Liga ZON Sagres - 2010/2011 - Jornada 13 - Patrão fora...

Foto retirada de MaisFutebol

Este jogo teve provavelmente a segunda parte mais fraca de toda a temporada.


Depois de uma primeira parte em que nem sequer deixamos o Setúbal fazer um remate à baliza, a segunda parte trouxe-me à lembrança a segunda parte do jogo com a Olhanense, mas ainda pior.


Com uma defesa com 3 alterações à linha habitual (Otamendi, Fucile e Rafa), só o argentino cumpriu... mais ou menos. Acho que não vi o Rafa fazer um passe correcto, e com alguns deles a porem-nos em algumas situações perigosas. E Fucile só não foi expulso porque o árbitro viu mal o jogador que fez a falta.


O meio-campo pareceu-me o que menos mal esteve. Guarin esteve quanto baste. Moutinho e Belluschi, um pouco mais que o outro, estiverem praticamente ao seu nível.


Já na frente, Rodriguez mostra que ainda tem de abater muita sopa e Hulk voltou a mostrar laivos de individualismo, que num jogo a ganhar por mais que um golo até se aceita, mas enquanto não estamos seguros, temos de procurar jogar mais em equipa. Falcão mal se notou, mas também ninguém o parecia procurar. Ora bolas. 


Quantos aos suplentes, Sapunaru esteve bem, Micael pouco se notou e Walter é até agora um flop.


Nota final para Helton. Estás a ver o que dá sofrer um golo de chapéu? Não te ponhas fino...


Patrão fora, dia santo na loja. Será que faltou Villas-Boas para pôr mão na equipa e não os deixar vacilar? Ou estaremos perante a faceta Jesualdiana de acomodação ao resultado mínimo e coração palpitante até ao último minuto?


Eu que normalmente sou contido, fiquei enervado. Podíamos ter sofrido um golo a dois minutos do fim, que só não sofremos porque o árbitro não tinha ainda apitado. Ou assim o disse. Eu realmente não ouvi nada, mas não estava no Estádio.


É a primeira vez que não gosto da equipa de Villas-Boas. Teria colocado Ukra em vez de Rodriguez e Fucile no lugar de Rafa, com Sapunaru a titular. Mas ele percebe mais disto que eu.

5 comentários:

  1. Não concordo que o Walter até agora seja um flop.
    Joga 10m num lugar que exige rodagem,acho que é melhor dar tempo e depois avaliar.
    Quanto ao resto de acordo!Mau jogo para não repetir.
    Saudações Portistas

    ResponderEliminar
  2. Bom dia,

    Previa-se um jogo que se complicaria com o decorrer do tempo, pois o esforço físico de Viena iria se reflectir no rendimento de alguns jogadores. O mais evidente foi o de Falcao, que estava completamente esgotado quando saiu. Mas também temos de dar mérito ao Setúbal que na segunda parte entrou afoito, com um jogador veloz Zeca, a causar muitos problemas, e a jogar com o passar do tempo e o enervar dos nossos jogadores.

    Na primeira parte entramos bem, dominantes, e poderíamos ter resolvido o jogo, não fosse a nossa ineficácia, ou as excelentes intervenções de Diego.
    Acabamos por marcar num lance que na minha opinião não é penalti, apesar de existir um ligeiro contacto físico, um pousar de cotovelo de Collin nas costas de Falcao. Eu sou apologista que o futebol sendo um jogo de contacto físico, não se podem marcar penaltis por qualquer disputa de bola.
    Também o alegado penalti de Fucile é inexistente. Existe uma luta de braços dentro da área e Henrique deixa se cair. A falta existe sim à entrada da área com Fucile a agarrar com ambos os braços Henrique.

    Na badalada anulação do penalti e consequente repetição, falta saber qual o motivo que levou o árbitro a tomar tal decisão.
    Estavam jogadores dentro de área, e por conseguinte, tal poderia ser um motivo para mandar repetir o penalti, aliás vê se o árbitro em dialogo, a mandar sair da área alguns jogadores. Mas como quem está em violação da grande área é um jogador do Porto, não há motivo para a repetição. http://www.youtube.com/watch?v=FkpOTmu1vZE
    Por sua vez o árbitro indica que não havia apitado, tal como afiançou Pitbull.
    Este é um péssimo árbitro, tornou complicado um jogo fácil. Ele não teve intenção de prejudicar FC Porto ou Setúbal, ele apenas é um árbitro que não vale nada. Quem tem coragem para marcar um penalti duvidoso no minuto 89, não o mandaria repetir se quisesse beneficiar uma equipa e prejudicar outra.
    Quanto aos nossos jogadores, gostei da garra de Moutinho, Guarin, dos nossos centrais, de Hulk e de Cebola (primeira parte).

    Fucile mais uma vez cometeu uma idiotice, tal como aconteceu em Guimarães, que nos poderia ter custado mais dois pontos perdidos.

    Villas Boas ao tirar Rafa, foi porque Fucile não conseguia parar Zeca, e não porque Rafa estivesse mal.
    Mas Fucile foi ao outro lado borrar a pintura.

    Quanto ao pouco público no estádio, é compreensível, face às condições atmosféricas e dia da semana.

    Abraço

    Paulo

    http://pronunciadodragao.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Não concordo com a análise da substituição. Se o problema fosse o Fucile, o Villas-Boas fazia troca por troca. Sai Fucile, entra Sapunaru.

    O Rafa este muito mal. E eu sempre defendi que lhe devíamos dar mais oportunidades. Hoje não cumpriu.

    ResponderEliminar
  4. @Luis: o Walter é muito lento. Muito lento mesmo. Não serve para um 4-3-3

    ResponderEliminar